Utilizando Canvas para entender melhor seu produto

Dando uma pausa..pngJá é uma prática de mercado utilizar canvas para obtenção de dados para o que quer que seja, já vi scrum team canvas, machine learning canvas… Tem Canvas para todos os gostos. O canvas acabou caindo no gosto dos analistas, product owners e demais profissionais do mercado porque facilita o entendimento de todas as partes e direciona um brainstorm, por exemplo.

Uma das estratégias comuns para entendimento do produto (e da visão da empresa), são os Business Model Canvas e o Product Vision Board.  Vou focar, hoje, nestes dois canvas.

O Business Model Canvas

Business_Model_Canvas

Este é o Business Model Canvas. O propósito deste Canvas é entender a estratégia de negócio e com ele buscar alinhar as propostas de melhorias de processos e projetos à estratégia da empresa. Parece algo óbvio, mas não é!

Uma vez, em uma empresa, perguntei ao meu principal stakeholder qual eram os objetivos da empresa a curto, médio e longo prazo e ele me respondeu: Ganhar dinheiro! Ou quando perguntamos quais os principais competidores, uma boa parte dos funcionários da empresa não sabem responder.

O público ideal para o preenchimento deste canvas são os principais executivos da empresa. Caso você não tenha acesso a eles, procure preencher os dados com os executivos mais próximos.

Agora vamos aos detalhes. Preencher o BMC é muito fácil:

Key Partners: Quem são os parceiros chave da organização? Fornecedores e Representantes?

Key Activities: Quais são as atividades chave? Que tipo de produto ou serviço a empresa se propõe a entregar?

Key Resources: O que é necessário ter, em termos de pessoas e objetos, para que o produto ou serviço seja entregue?

Value Propositions: Qual a proposta de valor que a sua empresa entrega? Geralmente este item tem a ver com a missão da empresa.

Customer Relationships: Como se faz o relacionamento com os clientes?

Channels: Quais os canais de comunicação com os clientes?

Customer Segments: Quais são os segmentos que a empresa atende?

Cost Structure: Como os serviços ou produtos da empresa são custeados? Como é formado o preço destes produtos ou serviços?

Revenue Streams: Quais são as cadeias de revenda deste produto ou serviço? Elas existem?

O Product Vision Board

ScreenHunter_06 Jun. 20 19.42

O propósito do Product Vision Board é mais voltado ao produto, mas sem esquecer da estratégia da empresa. Uma única empresa pode ter um ou mais PVBs dependendo de cada produto escolhido para comercialização.

Como preencher o PVB:

Vision: O que se espera do produto? Qual é o seu propósito?

Target Group: Qual é o seu público alvo?

Needs: Quais são os problemas que o produto vai resolver?

Product: Quais são as principais funcionalidades do produto? É viável a produção deste produto?

Business Goals: O produto vai beneficiar a empresa? Como? (Aqui, você pode mapear os OKRs da empresa de acordo com os Business Goals.)

Competitors: Quais são os principais concorrentes? Quais são suas forças e fraquezas?

Revenue Streams: Como monetizar seu produto?

Cost Factors: Quanto custa e o que precisa para desenvolver, vender e distribuir o produto?

Channels: Como você disponibiliza e vende o produto?

Ambos os canvas estão disponíveis para download, fazendo uma pesquisa simples no Google.

E você, tem algum canvas que lança mão para entender melhor seus produtos e sua empresa?

Organize. (3)

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s