Comentando a palestra “Análise de Negócios em Projetos Ágeis”

Ontem fui assistir à palestra do Claudio Kerber sobre análise de negócios ágil. Confesso que a idéia de entregar software rodando (software rodando, software rodando) mais rápido seduz, em um primeiro contato. Porém houveram alguns pontos da palestra em que discordei do inteligentíssimo palestrante, que vou discorrer a seguir. A melhor maneira de testar umContinuar lendo “Comentando a palestra “Análise de Negócios em Projetos Ágeis””

RUP com XP: Como tornar isso possível?

Baseado no material do RUP. O RUP (Rational Unified Process) é uma estrutura de processo que o Rational Software aperfeiçoa com o passar dos anos e tem sido amplamente utilizado para todos os tipos de projetos de software, do pequeno ao grande. Recentemente um número crescente de processos “agile” – como XP (eXtreme Programming), SCRUM,Continuar lendo “RUP com XP: Como tornar isso possível?”

Chefes Tóxicos

Este artigo da Você S/A é um dos melhores que já li. Compartilho agora com vocês. Especialistas, em recursos humanos, executivos e leitores da VOCÊ S/A dizem por que empresas toleram profissionais destrutivos e como não se deixar contaminar por eles. Revista Você S/A – por Fernanda Bottoni Um chefe tóxico contamina todo o ambienteContinuar lendo “Chefes Tóxicos”

Análise de Negócios em Projetos Ágeis, por @oclaudiobr

Quem se interessa pelo assunto, pode correr pra palestra que vai rolar dia 27/01. Seguem as informações: Mais valor. Mais rápido. Objetivo “Análise de negócios é análise de negócios”, contudo, em um contexto ágil, parece que estamos fazendo análise de negócios em uma montanha russa. A boa notícia é que é realmente divertido (para quemContinuar lendo “Análise de Negócios em Projetos Ágeis, por @oclaudiobr”

E o RUP?

O que é RUP? A sigla RUP quer dizer “Rational Unified Process”, ou, em português, “Processo Unificado Rational”. Mas isso não significa que o RUP seja realmente um processo, mas sim, um framework de boas práticas. Digo isso porque o RUP apenas sugere algumas boas práticas para o desenvolvimento de software, e não implica queContinuar lendo “E o RUP?”

Habilitar uso seguro de redes sociais no trabalho desafia a TI

Gestores são pressionados a afrouxar as regras de acesso às comunidades virtuais como o LinkedIn, o Facebook e o YouTube. Por Network World/EUA A tentação de bloquear o acesso às redes sociais no ambiente de trabalho é grande, mas não tem futuro. Os departamentos de TI são pressionados a afrouxar as regras de acesso àsContinuar lendo “Habilitar uso seguro de redes sociais no trabalho desafia a TI”

Como atender os usuários utilizando Pacotes de Software

Quais tipos de requisitos são necessários para escolha de um pacote de software de prateleira (COTS package)? Desenvolver requisitos para escolher um software de prateleira é diferente de desenvolver requisitos para um sistema feito "em casa", mesmo que uma RFP (request for proposal) não seja nada mais que um pacote de requisitos. Estas dicas ajudarãoContinuar lendo “Como atender os usuários utilizando Pacotes de Software”

Se ninguém te entende… a culpa é sua. Ou nossa.

Minha mãe não entende o que eu faço para viver. Minha namorada também não. A maioria dos meus amigos que não são da área também não. Para todos eles eu trabalho com computadores. E ponto. Antes que vocês achem que eu estou em crise, o problema é pior, porque não é meu, é nosso. RealmenteContinuar lendo “Se ninguém te entende… a culpa é sua. Ou nossa.”