Elicitação de Requisitos: De quem é a responsabilidade?

*Originalmente publicado em  1 de setembro de 2016 no Linkedin.

As atividades de elicitação são definidas, pelo BABOK, como: trazer à tona, descobrir requerimentos ou recebê-los diretamente dos stakeholders ou de outras fontes, e é a principal atividade de um analista de negócios no que tange a descoberta de necessidades dos stakeholders e formas de desenhar um software ou projeto.

As atividades de elicitação são definidas pelos seguintes processos:

  • Preparar;
  • Conduzir;
  • Validar (confirmar);
  • Comunicar;
  • Gerenciar colaboração.

E a linha fica tênue entre as responsabilidades do gerente de projeto e do analista de negócios, pois em muitos projetos o planejamento, a abordagem, a agenda e o tempo necessário para a elicitação e escrita dos requerimentos fica a cargo do gerente de projetos. Mas o que diz o BABOK?

O BABOK diz que as atividades de preparação da elicitação envolvem a abordagem a ser utilizada pelo analista, o levantamento dos stakeholders,  e cada perfil, incluindo também o nível de engajamento no projeto, localização, logística, etc. Também define quais serão os entregáveis e delimita expectativas entre stakeholders e o analista (ou time de analistas).

A condução das atividades também fica a cargo do analista. Aqui, a técnica pode ser variada e pode envolver os stakeholders ou não. Por exemplo, as principais técnicas de elicitação utilizadas são: Entrevistas e Brainstorming. O analista pode utilizar de experiências, pesquisas ou Provas de Conceito (POC) para elicitar uma necessidade sem a participação direta dos stakeholders, mas validada por eles. Afinal, todas as atividades devem ser validadas por todos os stakeholders.

O plano de comunicação dos requisitos também deve ser responsabilidade do analista, definindo por exemplo qual será o modelo de comunicação, e quando ou como esta informação deve ser apresentada.

Como podemos ver, o BABOK e o BACCM (Business Analysis Core Concept Model) dá autonomia ainda maior ao analista de negócio na condução de atividades de análise de negócio, ficando a cargo do analista todo o planejamento e execução das atividades.

Neste cenário, o gerente de projeto atua como par do BA e facilitador, garantindo que todos os recursos estão disponíveis de acordo com o planejamento e abordagem do analista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s