Como atender os usuários utilizando Pacotes de Software

Quais tipos de requisitos são necessários para escolha de um pacote de software de prateleira (COTS package)?

Desenvolver requisitos para escolher um software de prateleira é diferente de desenvolver requisitos para um sistema feito "em casa", mesmo que uma RFP (request for proposal) não seja nada mais que um pacote de requisitos. Estas dicas ajudarão com requisitos para escolha de um pacote.

Ajude seus usuários a encontrar seus objetivos e necessidades primárias antes de agendar demonstrações.

Vendedores de software dão demonstrações excelentes de seus produtos. Eles mostram funcionalidades surpreendentes, coisas que os usuários de negócio nem sabiam que existiam. Isso pode ocasionalmente distrai-los das necessidades principais que motivaram a procura por um produto no mercado. Trabalhe com os stakeholders para definir objetivos prioritários e utilize uma abordagem ágil de priorização. Por exemplo, os stakeholders definiram a lista de funcionalidades que eles precisam e então priorize as top 5 ou 10. Faça com que eles concordem que você não escolherá um pacote até que as 5 ou 10 necessidades sejam satisfeitas, não importa o quão impressionante seja a demonstração! Dê as necessidades aos vendedores para que eles possam guiar a apresentação pelas necessidades.

Converse com a área técnica para verificar suas necessidades e limitações. Você pode economizar tempo eliminando fornecedores que não se encaixam no plano de arquitetura antes das demonstrações começarem.

Requisitos não-funcionais são a chave.

Juntamente com os requisitos não-funcionais fornecidos pelo negócio, as limitações e requisitos não-funcionais fornecidos pela área técnica são alguns dos requisitos mais importantes para incluir na RFP. Todo pacote contábil fornece planilhas de contas, então sua escolha será baseada em outras necessidades. Por exemplo:

– Qual a velocidade de acesso a uma conta?

– As contas podem ser alteradas?

– Qual o nível de precisão garantido para os cálculos?

– Qual a dificuldade para fazer um relatório personalizado?

– Os dados podem ser exportados para outros pacotes?

Interfaces são caras.

Em alguns ambientes, interfaces entre o pacote de software e o legado serão custosos, consumindo tempo de parte do projeto. Identificar todas as interfaces antes da escolha e ter uma estratégia manual ou técnica para cada migração de dados. Descobrir que um pacote não consegue se comunicar com outro depois de implantado é um erro muito caro.

Reconheça lacunas.

Nenhum pacote pronto de software satisfará todas as necessidades dos usuários. Discuta as escolhas com todos os stakeholders e certifique-se que as expectativas são realistas.

Este material foi traduzido da newsletter do IIBA®, pela autora deste blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s